quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

MakeUp Review: QDB Marronli

Ele é o marronzinho do momento. 
Além de versátil e elegantinho (será que só eu acho batons marrons a cara da riqueza?), a fórmula dos batons da Quem disse Berenice é bem digna pelo precinho amigo e a acessibilidade maravilhosa.
Fora que a cor é bem única, diferente de tudo que eu já vi, inclusive considerando os batons importados.


É um marrom médio com fundinho quente cor de caramelo, camelo, camurça.. hahahaa que é só amor e vejo ele ficar bem em todos os tons de pele.
Se você não tem, corre pra comprar o seu porque esse batom é lindo demais! Vem pro bonde do Marronli você também.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

MakeUp Review: Veronica Anastasia Beverly Hills Liquid Lipstick

Atual queridinho da minha coleção, esse marronzinho com fundo malva me surpreendeu com sua beleza e versatilidade.
Uma cor elegante que combina com tudo, makes mais quentinhas ou mais frias, mais elaboradas ou aquela no makeup makeup de todo dia. É uma cor mais aparecidinha e não tem aquele fundinho acizentado de defunto que ando obcecada, mas ainda assim, arrebatou meu coração.


O Veronica é uma das últimas cores lançadas, assim como o Sepia, sendo assim, eu notei uma melhora na fórmula que o primeiro lote que resenhei aqui pra vocês (Vintage, Bloodline, Sad Girl e Vamp).
Eles estão durando um pouco mais, sendo a consistência uma das mais confortáveis no quesito batom líquido do mercado. A cor fica totalmente uniforme com uma camada e não craquelam de forma alguma.


Os batons líquidos custam U$20 e ainda não são vendidos no Brasil. 
Tenho algumas cores próximas ao Veronica na minha coleção, mas não chegam a ser dupes idênticos.


Amadinho.

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

MakeUp Review: Chianti Stila Stay All Day Liquid Lipstick

Pensem em um gótico nato, aquele REAL OFICIAL e com certeza estariam descrevendo esse batom da Stila.
O meu veio naquele kit de Natal com 6 minis, porém ele já foi acrescentado na linha permanente.
É um roxo muito escuro, quase preto, bem casca de beringela, aquele roxo ameixa desidratada sabem?


É um batom que naqueles dias mais frios será a minha primeira opção. Excelente para causar em festas porque a duração desses batons da Stila é excepcional!


Comparando com alguns roxos intensíssimos da minha coleção, de baixo pra cima, MAC Instigator, Smoked Purple e Cyber e acima Colour Pop Guess e Lasplash Malevolent que também tem a fórmula líquida.


Para fazer a pirigótica. :)

domingo, 3 de janeiro de 2016

MakeUp Review: Colour Pop Ultra Matte Kapow

Segundo dia do ano e resolvi finalmente parar de preciosismo e usar esse lindo.
Comprei tem tempos, mas sabe quando você fica aguardando a ocasião perfeita pra usar? Então.
Esse é o Kapow, um cinzinha maravilhoso, meio polêmico porém que estou super na vibe ultimamente.
Ele é no estilo do Sepia da Anastasia que vocês já viram resenha recentemente aqui, porém um pouco mais acizentado e frio.
Devo ressaltar que a fórmula dos batons líquidos da Colour Pop é esplêndida, melhor custo x benefício do mercado com certeza,
Por U$ 6 dólares ou pela faixa de R$ 40 reais como são vendidos por aqui, valem muuuuito!
Eles são secos, bem secos. Pra quem tem os lábios muito ressecados eu não indico, mas nada que um bom balm alguns minutinhos antes não possa consertar.

A cor é diferente, é modernosa, é rica contemporânea. É mais escura e impactante porém na mesma pegada que o famoso Stone da MAC, No melhor estilo defuntinha!


Infelizmente não tenho o Stone da MAC para comparar pra vocês, mas tenho o Sepia da Anastasia que é bem próximo, lembro que optei pelo último por ser na fórmula líquida, que eu prefiro. 
Definitivamente é um batom único na minha coleção.


Na foto: Colour Pop Kapow, Anastasia Sepia, Colour Pop Teeny Tiny e Lime Crime Cashmere. 
Todos bem diferentes um do outro mas com essa vibe mais fria e um fundo que fica bem acizentado nos lábios, cada um na sua maneira.

Eu amei, e vocês usariam?

sábado, 2 de janeiro de 2016

MakeUp Review + My Make: Kat Von D Exorcism - Happy New Year!

Dezembro não teve post, não teve wishlist de Natal que sempre rola, mas é que foi um mês tão corrido que não tive tempo nem de dar um oi por aqui.
Hoje estou aqui para mostrar minha maquiagem da virada e desejar um feliz ano novo a todas! Uma das metas de 2016 é tentar arrumar mais um tempinho para me dedicar a esse espaço que gosto tanto. Amo poder mostrar os produtinhos pra vocês.
O batom usado foi o Exorcism da linha de batons líquidos da Kat Von D, para exorcizar de vez o ano de 2015, que convenhamos foi um ano bem enxavido. 
Obviamente que se faço a gótica o ano inteiro, não podia fazer a angelical na virada né? 


E o Exorcism é esse tipo de batom: vamp-glamouroso-rico!
A fórmula eu sempre elogio aqui, é uma das que mais duram. 
Achei a aplicação bem uniforme para essa cor em especial, que em outras marcas reparo que tem a tendência de manchar um pouco. 
É uma cor bem única na minha coleção, não tenho nada muito próximo, pois é um vinho escuro com um fundo bem roxinho, como se fosse uma versão mais sequinha, escura e intensa do Fashion Revival da MAC.
Confesso que ando mais na vibe dos batons vinhos com fundo mais arroxeado do que os com fundo avermelhado ultimamente, e me dei conta que tenho bem poucos nesse estilo.


A make eu quis fazer bem iluminada com os olhos bem destacados.
A pele fiz com primer Stay Flawless + base Perfection Lumiere da Chanel + corretivo Nars Radiant Creamy e pó Mineralize da MAC e nas bochechas com a base em pó da Kat Von D que to achando mara para poros. Contorno com a cor medium da palette da LORAC e + um toque do bronzer da Dior Nude Tan 003 e blush Mood Exposure da Hourglass, finalizando com muito iluminador - o Sun Bean da Benefit de base + Champagne Pop e Topaz misturados da Becca.
Nos olhos: MAC Painterly de base, mix de MAC Soft Brown + Haux no côncavo, sombra Leader da paleta Tartelette in Bloom no canto externo com um toque da Urban Decay Blackout, e no centro da pálpebra mix da sombra Funny Girl + Midnoght Cowboy da Urban Decay e por fim, bastante máscara de cílios - Perversion da Urban Decay e In Extreme Dimension da MAC + delineador em canetinha da Kat Von D. 



UFAAA, quantos produtos, mas datas assim a gente se empolga ne? No final fica essa baguncinha boa que vcs estão vendo acima.

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Batom azul sim ou não? - MakeUp Review do Lasplash Sirius

O post de hoje é uma "tendencinha" para quem tem muita atitude: batom azul.
Não é de hoje que as marcas gringas começaram a lançar suas opções de batons azuis e começou a surgir um burburinho entorno dessa cor, principalmente entre as americanas.
As marcas nacionais que atualmente estão super ligadas no que acontece lá fora, timidamente vêm disponibilizando no mercado opções para nós brasileiras
Até nossa it girl favorita - Kylie Jenner - recentemente abalou de batom azul.


Meu desejo de batom azul é antigo, começou desde que a Kat Von D lançou a sua linha de batons em bala com embalagem preta de spikes, a Studded Kiss, foi então que a cor Poe fez meu coraçãozinho bater mais forte.
Como além de ser azul, era metálico, fiquei lá debatendo a minha audácia de usar.
Desde então vinha procurando um batom azul escuro matte que fizesse a minha cabeça, de preferência um que fosse líquido, porque sou esse tipo de pessoa exigente, rs.
Foi então que conheci o Abused da Jefree Star, um azul marinho fechadíssimo > maravilhoso, que entrou imediatamente na minha wishlist.
Como era um batom que custava U$18 dólares + frete dos EUA + frete do Brasil, o preço final do produto me deu uma desanimada.
A MAC chegou a lançar o Matte Royal na coleção The Matte Lip, mas ainda não era o meu sonhado azul líquido veludo nos lábios.
Foi então que na febre dos batons da LAsplash lembrei do Sirius, um azul escuro marcante, matte e líquido do jeito que eu desejava > BAZINGA! 


Com o problema de direitos autorais da LAsplash, que à época estava em transição, deixando de nomear os seus batons com tema do Harry Potter e da Disney, o meu batom demorou a chegar, mas ainda consegui a cor na leva dos nomes do HP <3 Sim, foi amor a primeira vista!
Assim que ele chegou, eu corri para experimentar e foi aquela OBSESSÃO, esperando a melhor oportunidade para estreá-lo.
O Sirius é um azul lindo, é escuro mas dependendo da luz ele fica com uma nuance diferente, ele é totalmente matte, fica super sequinho, dura horrores nos lábios. 

Considerando que vejo que é uma modinha que pode ter futuro, fiz uma seleção bem democrática de batons azuis, marcas nacionais e importadas, e faixas de preço variadas, para quem compartilha esse 'desejinho' comigo possa amadurecer a ideia de ostentar um bocão azul por aí:


1 - Primeiramente o precursor, o Studded Kiss Poe da Kat Von D, custa U$20 dólares nos Eua e R$99 aqui no Brasil.
2 - MAC Matte Royal - U$17 na gringa e R$69 aqui.
3 - A NYX têm 3 batons azuis nessa linha Wicked - Immortal, Envy e Sinful - batom azul para todas as preferências, custam U$6 lá fora.
4 - Tracta Matte - Blue 79, por R$ 32,85, uma ótima opção nacional.
5 - Pra quem quiser fazer um charminho sem gastar muito, o Azul da Natura Faces tem precinho convidativo R$12,90 > Alegria e ousadia purinho!
6 - Da linha Everlasting Liquid Lipstick, o Echo da Kat Von D por U$20 dólares na gringa e sem registro de venda dessa cor no Brasil.
7 - O Paint da Anastasia Beverly Hills é aquele azul para causar, com muitos reflexos metálicos, custa U$20 dólares e só é vendido oficialmente na gringa.
8 - A marca Jeffree Star também oferece batons azuis de várias tonalidades - Abused, Jawbreaker e Blue Velvet - custam U$18 dólares e também só são vendidos fora.
9 - A queridinha Colour Pop possui na sua linha Ultra Matte dois azuis - Mr Blonde e Jellies, uma opção importada com precinho camarada. U$6 obamas.
10 - A estrela do post que é o que eu estou usando, vende no próprio site da LAsplash, mas infelizmente não entrega no Brasil. Custa U$13,95.
11 - Para finalizar, a Dailus, para alegria geral da nação, tem na sua linha de líquidos matte, a cor Vamp, que em fotos parece roxinho, mas na realidade é azul real. É barato, é acessível, é matte. Custa em torno de R$19.90, varia muito conforme a localidade e estado.
Algumas comparações no melhor estilo #utilidadepública:


Obviamente que é uma cor que foge totalmente do óbvio e eu, particularmente, não usaria em qualquer ocasião. Mas para uma festa informal, ou um evento mais descontraído, acho super válido.
Essa é minha história de amor com batom azul, e você, pretende ter uma?
Ps: O Abused ainda continua na minha listinha dos sonhos.


Para fazer combinandinho com os lábios, que eu amo, fica a dica do esmalte Jeans da Colorama.
E tem mais foto no meu insta - @glamorousroutine - e tem vídeo lá no canal mostrando aplicação do Sirius e falando um pouco sobre batons azuis, só clicar aqui.

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

MakeUp News: Coleções de fim de ano para MAC 2015 - entenda.

Olá meninas,
O post de hoje é um daqueles #utilidadepública que tento fazer todo fim de ano explicando as milhões de mini coleções da MAC.
É sempre composta de uma coleção central, com várias outras minis coleções compostas de kits de natal, que são ótimos para dar de presente.


A coleção central esse ano se chama Magic of the Night, composta por algumas cores de batons (a maioria são cores que já existem na coleção permanente, com apenas o diferencial da embalagem), lápis labiais, sombras com efeito de pigmento prensado, lápis de olhos e iluminadores. As embalagens são especiais, como se fossem cromadas, com os produtos de olhos e face com embalagem turquesa e os labiais com embalagem roxinha.


Sobre os batons: Apenas o Evening Rendezvous é exclusivo da coleção. Os demais estão na coleção regular, sendo o diferencial apenas a embalagem roxa.


Lápis labiais e de olhos:


Sombras:


Iluminadores:


Com relação as coleções com os kits, temos a Enchanted Eve que é composta por:
Paletinhas contendo 6 sombras (uma na tonalidade de azul - Enchanted Eve Navy; tonalidade neutra - Enchanted Eve Warm e tonalidade de roxinhos - Enchanted Eve Mauve).


Paletinhas labiais disponíveis em 3 opções de cores (tons de coral - Enchanted Eve Coral e tons de rosa - Enchanted Eve Pink).


E abrindo um parenteses, ainda teremos a mini coleção Irresistibly Charming com esse kit de mini patentpolishes (lápis gordinhos) acima e os kits de mini pigmentos abaixo, disponíveis nas tonalidades roxinha, azul e neutra.


As paletas faciais que é uma paleta maior multi-uso contendo sombras, blush, pó e batom (em tonalidades frias - Enchantes Eve Cool Face Kit e tonalidades mais quentes - Echanted Eve Warm Face Kit).


Teremos ainda os kits de necessaire, para olhos - que contém 1 necessáire com 1 máscara, 1 prolongwear paint pot e 1 delineador fluidline, também separados por tonalidades - Enchanted Eve Plum Eye Bag; Neutral Eye Bag e Smokey Eye Bag; e para lábios contendo 1 batom, 1 gloss e 1 lápis labial, também separados por tonalidades, tons de nude - Enchanted Eve Nude, tons de vermelho - Enchanted Eve Red e tons de rosa - Enchanted Eve Pink).


Teremos os 3 kits de pincéis de todo ano divididos em: Basics (contém os pincéis 116, 193, 213, 226, 266), Essentials (contém os pincéis (133, 168, 219,2 21, 239) e Mineralize (contém os pincéis 130, 187, 283, 286).


Os kits mistos de olhos e lábios contendo uma paleta de sombras Veluxe Fusion + lápis de olhos Technakhol + batom e gloss tem duas opções de tonalidades: rosa - Pink e bronze -Copper. 


Por fim, teremos o kit da linha Viva Glam, a Viva Glamorous com o batom e o gloss da Miley cirus e a Viva Glam Lip Palette que é uma paletinha com 3 cores de batons, o Viva Glam I, II e V.


UFAAAAAAAAAAAAAA!!!
Consegui "resumir" tudo em um só post e espero que ajude na hora das compras. 
Os créditos de imagens são dos blogs: chic profile, bubblymichelle e do próprio site da MAC.
Me contem o que vocês acharam e o que provavelmente está na listinha?

domingo, 8 de novembro de 2015

MakeUp Review: Sepia Anastasia Beverly Hills Liquid Lipstick

Na vibe do revamp dos 90´s modernoso, esse batom virou um dos meus favoritos do momento.
Ele é um marrom muito acizentado que fica super diferente nos lábios. É pra CAUSAR!


É uma cor parecida com o famoso Stone da MAC, e eu optei por ele por achar ser levemente mais usável, não tão acizentado quanto e pela fórmula líquida de efeito matte, que sinceramente tem deixado todos os meus batons de bala convencional bem esquecidos.

Os batons líquidos da Anastasia são velhos conhecidos aqui do blog (já teve resenha do Sad Girl, Bloodline, Vamp e Vintage), e eu achei que a fórmula do Sepia e desses últimos lançamentos deu uma leve melhorada em termos de duração, que era  - não digo decepção porque ainda achava maravilhosos - um fator que deixava um pouquinho a desejar pois não duravam tanto quanto os da Lime Crime, Kat Von D e Stila, porém a fórmula é sem dúvidas na minha opinião, a mais confortável e uniforme de todas!

Fiz um combinho amor do Sepia com o marrom mutante da Colorama. A luz na foto é branca e não tem flash, dá pra ver bem real como fica a cor.



Enfim, amor inusitado!

MakeUp Review: Colour Pop Ultra Matte update swatches

Um rápido update do post anterior que fiz das 07 cores de batons ultra matte da Colour Pop que vocês viram aqui e agora tenho 11 ~ obsessão real oficial ~ e resolvi fazer novos swatches comparativos pra vocês.


A fórmula é bem fluída e fininha, secam com muita rapidez e duram muito. A fórmula acho muito comparável inclusive aos velvetines da Lime Crime.
Eles ficam com a sensação bem seca nos lábios, por isso se chamam ultra matte, o que para algumas pode não significar muito conforto, é sinônimo de bastante duração, porque eles formam uma camada bem fina nos lábios.
Não craquelam e ficam facilmente uniforme nos meus lábios. Pelo precinho amigo U$6 dólares, não tem como errar e não ser sucesso.
Amo loucamente todas as cores, tenho aquele desejo de fazer coleção o tanto que acho incríveis, mas minhas cores favoritas são: Beeper, Tulle, Bumble, More Better e Bad Habit.


Mas desconfio que agora no verão a Highball e Succulent vão ser hit! 

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

MakeUp Review: Dose of Colors Berry Me 2

O batom de hoje é bapho, confusão e gritaria!

- imagem do site peekaboo-
Uma cor única a qual não tenho nada parecido na minha coleção. E olha que já posso admitir que cheguei em um ponto em que é difícil comprar uma cor que não tenha algo plenamente substituível, excetuando as cores menos óbvias como verde, azul, cinza etc. ehehe
Enfim, voltando a resenha.
A cor fala por sí. É um magenta diferente, intenso e muito rico em pigmentação!


A textura dele é mais cremosinha e firme, mais comparável aos batons da Anastasia e da Stila por exemplo. O aplicador é curtinho, maleável e diagonal, o que confere muita precisão e facilidade na hora de aplicar. 
A duração não achei tão excepcional quanto os da Lime Crime, não resiste a refeições, mas transfere minimamente.
O preço não é muito animador, custa U$18 e só pode ser comprado diretamente no site deles (que não entrega no Brasil) e cobram frete, mas a cor é tão linda que compensou e virou queridinha.
Eu futuquei minha coleção inteira em busca de um dupe, mas não encontrei nada igual:


Tem vídeo mostrando aplicação dele e de outra cor que tenho da Dose of Colors lá no meu canal do YouTube - CSI Beleza.

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

MakeUp Review: Salem Lime Crime Velvetine

A cor do batom de hoje é tendencinha do momento: MARROM!
E apresento o Salem da Lime Crime pra vocês.


Um marrom verdadeiro, nem tão frio e nem tão aberto. Um marrom real. 
Além dos nudes mais amarronzados, os marrons mais intensos tem ganhado muito espaço atualmente. Está todo mundo usando. 
Eu já amo tem tempos e é definitivamente uma das minhas cores favoritas.


A fórmula é velha conhecida aqui. Os Velvetines possuem textura mais fluída e por isso secam rapidamente e fixam muito. Aliás, são os que mais duram na minha experiência.
Aproveitei pra fazer comparação com outros marrons famosinhos que tenho na minha coleção:


E você? Já tem um marrom chocolate pra chamar de seu?

domingo, 4 de outubro de 2015

MakeUp Review: Vintage Anastasia Beverly Hills Liquid Lipstick

Na trend dos roxinhos audaciosos, esse Vintage da ABH é um dos mais lindos na minha opinião.
É um roxo mais fechado, mais intenso, com uma super presença.


Eu já fiz resenha aqui de várias outras cores dessa linha. São um dos batons líquidos de efeito matte mais confortáveis que já usei. A textura é mais cremosinha porém a durabilidade não é tão espetacular quanto os da Lime Crime e Kat Von D. 
Eles não mancham, ficam uniformes logo na primeira camada, não craquelam ou esfarelam.


Mas a seleção de cores dessa marca é muito incrível. As cores são vem diferentes do que estamos acostumadas a ver, e esse roxo não é comum, ele é bem diferenciado.
Segue comparação com alguns outros roxos líquidos famosinhos que eu tenho.


Não tenho o Pansy da Lime Crime, um roxo super falado, mas eles não são parecidos, porque sei que o da LC é mais frio e azulado que o Vintage.

Infelizmente não podem ser encontrados em lojas oficiais no Brasil, mas eles estão bem famosinhos, e muitas lojinhas de importação já trabalham com os batons líquidos dessa marca. Lá fora custam U$20 dólares e são vendidos no próprio site da marca e na Macy´s.

MakeUp Review: Lorac PRO Contour Palette

Depois que eu adquiri essa paleta, meu contour game mudou completamente.
Porque é muito mais prático você ter todos os produtos que você precisa para contorno e iluminação em uma só paleta. Você abre um só produto, você ganha tempo, você supera a preguiça.



São 3 cores para técnica de contorno: uma mais clara, média e escura, que atende todos os tons de pele. A mais clara é a mais fria. A média não é tão mais escura e contrastante que a primeira, é apenas um pouco mais quente, mas ainda um excelente tom para contorno ou para bronzear. E a terceira é bem escura, excelente para morenas e negras.
Para contorno das bochechas eu alterno entre os 2 tons mais claros e acabo usando o terceiro tom como sombra. Sugiro o tom mais claro para contornar o nariz, já que é o tom mais acizentado da paleta. Mas você ainda pode usar os outros tons para múltiplas funções, como contornar testa, maxilar e até o corpo.



O tom com shimmer além do iluminador propriamente dito, você pode usar como sombra tanto para iluminar o cantinho interno, abaixo das sobrancelhas ou na pálpebra. 
As duas cores mattes, uma em um tom mais bege e outra naquele famoso tom "banana powder" são ótimos para assentar corretivo, como pó facial, como iluminador matte ou também como sombras. 



Todos os tons são muito pigmentados, mas não se assuste, porque também esfumam muitíssimo bem, não mancham. 
Assim como as sombras, os pós são um pouco esfarelentos, mas é característica da marca, assim como a embalagem, que apesar de incrível no sentido de ser super fina e compacta, suja facilmente devido ao material fosco. 
Dentre as opções oferecidas no mercado atualmente, com a Shade & Light da Kat Von D, a da NYX e a a Anastasia Beverly Hills, optei pela da Lorac pelos tons de contorno serem mais frios, o que eu particularmente prefiro, porque acho que o sombreamento fica mais elegante e natural.
O pincel já acompanha a paleta, o que a faz ter um bom custo x benefício pelo preço de U$45 dólares.

Infelizmente não temos Lorac a venda em lojas oficiais no Brasil. E até mesmo lá fora é uma marca mais complicada de encontrar, pois somente é vendida pelo site ou nas lojas Ulta e Kohl´s. 
Mas quem tiver a oportunidade de encomendar em lojas que trabalham com importação ou for viajar, é um excelente produto para quem quer investir na técnica de contorno, tanto as iniciantes porque é fácil e intuitivo de usar quanto quem visa um uso mais profissional, pois atende a diversos tons de pele.

Tem vídeo lá no canal CSI Beleza com detalhes e mostrando como eu aplico cada produto da paleta, só clicar aqui.

terça-feira, 29 de setembro de 2015

MakeUp Review: Fiery Stila Stay All Day Liquid Lipstick

Atenção para quem procura o vermelho da vida: eu encontrei o meu.
Um vermelho fechado e frio, o mais rico, e o vermelho mais Valentino que já conheci.


Tempos que ele habitava a minha wishlist, mas o precinho salgado U$24 dólares, sempre ficava adiando a aquisição.
Até que chegou um dia que resolvi parar de comprar batons vermelhos e me render simplesmente ao vermelho mais lindo do mercado.
Já teve resenha de um outro vermelho da Stila por aqui, o Beso, que é um pouco mais aberto e quente que esse. 
A duração é excelente, a textura não é tão fluída como batons líquidos da Lime Crime, é mais cremosinha, mas ainda assim, é um dos melhores no quesito fixação que já testei.
Eles ficam uniformes sem esforço e sem precisar de outras camadas.
E a cor fala por sí só.

Algumas comparações com outros vermelhos famosos para que vocês notem o quanto o Fiery é mais fechado e intenso que os demais.


OBCECADA REAL!

MakeUp Review: Minhas sombras da MAC e como montei minha paleta.

No post de hoje vou falar um pouquinho das sombras da MAC.
Sei que a marca é queridinha nossa e quem nunca ficou totalmente perdida quando entrou na loja e viu aquelas inúmeras cores com diversos acabamentos?
Então, as sombras possuem acabamentos específicos, assim como os batons, o que facilita identificar a sua necessidade sem surpresas.
Os acabamentos são divididos em: Matte (completamente opacas), Matte2 (completamente opacas e muito pigmentadas), Satin (acetinadas semi opacas), Frost (metalizadas), Lustre (peroladas), Velvet (acetinadas com brilho sutil e esparso), Veluxe (macias, opacas, pigmentadas), Veluxe Pearl (metalizadas e com brilho, pigmentadas e muito macias). 
Recentemente, foram adicionados os acabamentos Dazzle (são como pigmentos prensados, com alta quantidade de shimmer) e as Extradimension (híbridas de pó e gel, altamente pigmentadas).


Após conhecer um pouco dos acabamentos, é bom saber dos preços e como funciona o sistema de montar paletas.
Os potinhos de sombras custam R$69 cada. Já as sombras refis, que vem naqueles pans, custam R$39 cada.
As paletas vazias imantadas possuem 3 opções de compartimentos: com 15 espaços - R$49, 4 espaços (quarteto) e 2 espaços (duos) - R$29.
As sombras refis já vêm preparadas para que sejam imediatamente inseridas nas paletas. Já as sombras unitárias em potinhos devem ter seus pans depotados e colados com imãs antes de inseridas nas paletas.
Por isso, se você pretende ter algumas sombras, dê preferência as sombras refis que são mais baratas e mais fáceis de serem acopladas as paletas.
Na minha paleta eu investi em tons mais neutros, que são os que uso diariamente, e procurei sombras que não tenho parecidas ou que pudessem complementar outras paletas que já tenho, como sombras opacas.
Ela ficou divida por fileiras: a primeira é uma fileira super neutra, com uma sombra iluminadora matte, outra com shimmer, uma sombra nude, uma dourada e uma marrom bem escura para conferir dramaticidade aos looks.
A segunda é composta apenas por marrons e tons de côncavo e transição.
E a terceira são tonalidades mais frias, que vão do malva, passam pelo cinza e roxinho.
Eu optei por não colocar preto matte que é extremamente coringa, porém eu não sou fã das sombras pretas da MAC, então eu costumo fazer o efeito de escurecer com o marrom bem escuro ou com lápis preto.


E agora a melhor parte, os swatches de grande parte das sombras da MAC que eu tenho na minha coleção. Fiz swatches das sombras da minha paleta maior e tentei fazer swatches do maior número possível de sombras que fazem parte da linha regular que estão nas paletas que foram de edição limitada.
Tentei separar por seções: iluminadoras, neutros e frios, marrons quentes e tons cintilantes. Mas uma ou outra acabaram saindo desse padrão. 






Tenham em mente que as sombras da MAC são um investimento e eu vou esclarecer o motivo de achar que elas valem a pena.
Por que eu prefiro as sombras da MAC ao invés da Urban Decay que são mais famosas, vem em paletas pré montadas e são mais baratas?
Primeiramente porque você monta a paleta conforme a sua necessidade e gosto pessoal. Segundo que eu, particularmente, sinto falta de sombras opacas nas paletas da Urban Decay que costumam conter muitas sombras cintilantes e eu uso sombras opacas praticamente para quase tudo, iluminar abaixo das sobrancelhas, côncavo, transição, canto externo. Geralmente deixo o brilho somente na pálpebra móvel, canto interno ou rente aos cílios inferiores.
Terceiro porque as sombras da MAC conferem mais dimensão a maquiagem. Elas não são tão macias, mas pra quem trabalha com diversas cores, isso é um ponto positivo, porque elas esfumam bem, mas não a ponto de se transformar em uma só cor.
Elas não são tão pigmentadas mas os esfumados ficam mais suaves e elas permitem a construção da cor na medida da sua necessidade. Conforme você vai dominando algumas técnicas de maquiagem, você começa a perceber que pigmentação não é tudo. 
As sombras além de ter uma excelente duração e não esfarelam.
Não me entendam mal, eu continuo adorando as sombras da Urban Decay, só acho que as da MAC são melhores por causa dos motivos acima apontados. É apenas a minha opinião.

Espero que o post tenha esclarecido dúvidas e ajudado na escolha.
E tem vídeo lá no canal mostrando cada uma das sombras com maiores detalhes, para assistir, clique aqui