sábado, 16 de abril de 2016

MakeUp News: Calendário de Coleções MAC Summer 2016

Aqui estamos em pleno outono e temos que lidar com muitas coleções da MAC por vir.
Sempre quando posso, disponibilizo um calendário pra gente poder acompanhar os principais lançamentos, que nunca são poucos.
Lembrando que as datas se referem aos lançamentos nos Estados Unidos. Sempre demora um tempinho depois para as coleções chegarem ao Brasil.

19/05
A principal coleção desse ano vai se chamar Vibe Tribe, inspirada nos festivais de música como o Coachella, a coleção vem bem colorida com um ar meio boho.


Serão 5 batons: Tanarama (pale beige w/ golden shimmer - frost), Arrowhead (bare nude - matte), Painted Sunset (orange red - amplified), Pure Vanity (peach nude - lustre) e Hot Chocolate (dirty plum - satin)
5 Patentpolish Lip Pencils: Tumbleweed (soft nude), Teen Dream (coral matte), Caravamp (reddish orange), Desert Evening (pearl) e Rio Grande Romance (fuchsia).
Gleamtone Powder: Dunes at Dusk (mosaico)
3 blushes em pó: Modern Mandarim (orange - satin), Adobe Brick (burnt red - satin) e Painted Canyon (coral - satin).
Cream Colour Base: Yellow Topaz (light golden champagne)
2 Quartetos de sombra: Call of the Canyon (neutral) Wild Horses (pop of color). 
3 Technakhol Eyeliners: Snowed In (peach), Broque (brown) e Take the Plunge (ocean blue).
2 Studio Sculpt Bronzing Powders: Delphic (coppery bronze) e Golden Rinse (reddish bronze)
2 Bronzing Powders: Refined Golden (golden with soft pearl) e Firebrush (reddish bronze with golden sparkles)
2 esmaltes Blazing Hot (orange) e Skin (nude) além de pincéis e 1 necessáire.


02/05
Uma coleção voltada para cores. Dos batons nos mais variados acabamentos para atender todos os gostos contrastando com cores igualmente vibrantes de sombras.
Retro Matte Líquidos: Novas cores - Red Jade – bright, creamy red, Bengal Tiger – loud orange, Mango Mango – soft peach coral, Fuchsia Flicker – intense hot pink, Slipper Orchid – bright plum.
Cores pre existentes - Lady-Be-Good – warm mid-tone nude, Fashion Legacy – intense fire truck red, Oh, Lady – deep wine e Back In Vogue – peachy nude (existente na atual linha)

Huggable Lip Colors: 
Cantonese Carnation – warm rose, Origami Orange – creamy orange, Seoul-Ful – light, creamy pink, Good Luck Mochi – rosy mid-tone pink, Bonsai Bloom – cool nude-pink, Flaming Lips – deep, creamy red, Touché – light beige cream, Glamorized – creamy, vibrant pink, Rich Marrón – mid-tone nude cream, Commotion – deep, cool plum cream.


14/05
Teremos a Prolongwear Waterproof Sticks, que prometem longa duração, intensidade, alta definição de cores, além é claro, da pigmentação em um toque sem esforço.


Crème-Filled – soft champagne w/gold pearl, Iris Eyes – light blue grey w/pearl, Royally Blue – royal blue, Silver Coin – frosty silver, Copperpot – copper, Tea Leaves – mid-tone dirty mauve, Bitter Clove – deep brown, Lilacked – light purple w/gold reflect, Soft Steel – dirty brown grey, Ever Evergreen – emerald green, Midnight Shadows – deep plum, Frisky Blue – bright cobalt, Flat White – white, At the Beach – soft skin nude, Cinder Black – black, Bleached Out Beige – dirty metallic w/gold pearl, Sweet, Viola – soft metallic violet, Sand Bar – soft camel nude, Madly Sunny – bright acid green, Tabby – warm, clean nude, Sweet Praline – soft peach.

Em final de maio, porém ainda sem data definida:
MAC Poesia que é uma colaboração da estilista Chris Chang, cujos designs são famosos em Shangai, em uma coleção inspirada na arte anciã chinesa em um caleidoscópio de cores vibrantes.



As embalagens dessa coleção estão imperdíveis! E pressinto que vai ser aquela loucura pra garantir algum item agregador a penteadeira.

Batons: Cloud Gait (water blue green), DDDevilish (baby pink), Gold XIXI (yellow) Plum Princess (lavander) e Vermilion Vee (red). 
Cream Color Base: Peony Pavilion (baby pink), Rich Coral (medium coral), Sock it Xiqu (lavander).
Sombras: Electric Mandarim (soft orange), Mu Mu Bloom (blue toned pink), Pale Pipa (water green blue) e Royal Woo (yellow).
Delineador Fluidline Blacktrack e o compacto é um Prep Prime Finishing Pressed Powder.







Final de Abril
Curvada e flexível, essa máscara promete alcançar todos os ângulos e cantinhos, e seu aplicador fininho confere definição, curvatura e alongamento sem borrar.


Ainda em abril de 2016, bem para o final do mês, as embalagens não remetem muito ao verão, mas a segunda colaboração de Brooke Candy pra MAC promete ser ainda mais maravilhosa, gótica, trevosa que a primeira.


Serão 4 batons: Mind Control (cherry red - amplified), Witching Hour (rich purple - matte), Doo-Wop (pink pop) e Whirl (dirty rose - matte e já existe na linha permanente).
Lip Pencils: Night Crawler (deep plum) 
e Whirl 
Gloss Vamplify: Till Death do us apart (intense dark purple) e Pamela (dirty rose).
Bronzing Powder: Golden (tan beige with shimmer)
Studio Eye Gloss: White-Win (white multicoloured pearl) e Black -Yang (black with blue red pearl)
Esmaltes: Madame Candy (nude cream) e Black Stallion (midnight purple)
Além de Liquid Eyeliner em Boot Black, 
Haughty & Naughty Mascara.


11/06 
MAC Soft Serve com uma linha de sombras novas e 5 cores do lápis de sobrancelha Dare Hue, que acredito que são para iluminar abaixo delas.


Sombras: Bounce Around – light, cool taupey silver (pearl), Quite Yummy! – light pink (satin), Cushy Life – light warm golden beige (pearl), Put Me To Shame – mid-tone dirty taupe (satin), So So Saucy – mid-tone peach (satin), Plead Gilty – vibrant sparking gold (pearl), Jealous Girl – mint green (satin), Must Be Lust – sparkling bronzey tan (pearl), Girls, Girls! – soft pastel purple (satin), Best Make Up – light golden highlighter (pearl), Big Bad Blue – soft pastel blue (satin), Softened Up – mid-tone warm brown (satin).

Lápis: Violet Infused – soft lavender, Blonde Not Bland – pastel peach, Pink Confetti – pastel pink, Frisky Fresh – soft mint green, What A Highlight – soft white gold highlighter, Clearly Groomed – nudey beige.

Em julho a MAC Trolls, pra quem curte uma pegada mais divertida, pode ser uma coleção tentadora. Não faz muito meu estilo, mas tem sempre as colecionadoras mais aficionadas.


Serão 4 batons: Can´t be tamed (sheer lime yellow - cremesheen), Sushi Kiss (coral médio - satin - repromovido), Dance off pants off (frosted hot pink - frost) e Midnight Troll (azul - matte).
4 Lipglass: Bubble Butt (magenta com glitter azul),
Twerkquoise (azul transparente com reflexos rosa), Saint Germant (rosa claro azulado - repromovido) e Glitter Grunge (berry com glitter prata).
5 sombras: Paradisco (rosa coral perolado), Black Tied (preto com brilho prata), Silly Vanilly (branco com brilho prata), Suns out buns out (mostarda perolado) e Atlantic Blue (azul matte).
Pigmento na cor Chartreuse (verde frost).
3 Reflects Glitter: Fuchsia, Transparent Teal e Purple Duo.
2 Beauty Powders: Glow Rida (pó translúcido bege) e Play it proper (rosa claro pastel com brilhinhos)
2 Chroma Craze: Tease and Thank You (azul cobalto) e Good Luck Locks (rosa chiclete).


Depois da falência pós coleção Charlotte Olympia, é hora de fazer um cofrinho para as próximas coleções.
A Poesia, a Brooke Candy e a Vibe Tribe na minha opinião estão irresistíveis!

sexta-feira, 15 de abril de 2016

MakeUp Review: Charlotte Olympia Collection

Essa coleção me conquistou desde o início.
Além de ser Charlotte, criadora dos sapatos e bolsas mais lindos, antiga conhecida aqui nos primórdios do blog onde eu babava pelos looks maravilhosos da Olivia Palermo, celebridade a qual difundiu tantas preciosidades criadas por Charlotte, como aqueles maravilhosos pumps dourados e as desejadas clutches de acrílico, que viraram sem dúvida a assinatura da marca, tinha que fazer parceria logo com a MAC, que é a nave mãe das embalagens maravilhosas de edição limitada.


A coleção não poderia ser mais a cara de Charlotte, com um ar retro e luxuoso.
E quem me conhece sabe a minha paixão por acrílicos e meu fraco por embalagens douradas, OU SEJA, não existia a menor chance de eu resistir.
Eu achei os esmaltes o ponto alto da coleção, com uma embalagem meio facetada e eles são enormes! O Old Fashioned é o mais escuro, To have or to have not o vermelho clássico e o Good old days o branquinho.
Agregam um valor incrível a penteadeira e eu achei o valor digníssimo por toda a presença do item.


As cores dos batons são vermelhos bem comuns, mas essa embalagem é a coisa mais linda do mundo. Na foto Scarlet Scarlet que é um vermelho mais aberto, e o Retro Rouge que é o mais fechado. Na coleção ainda há um vermelho intermediário chamado Leading Lady Red.
A princípio havia ficado receosa do acrílico parecer leve ou aquele mais plástico, mas o acrílico é daqueles bem ricos e transparentes.
Charlotte pensou em cada tom de vermelho para um tom de pele diferente.
Além dos batons e esmaltes, eu achei que os Cream Color Bases seria uma ótima escolha, já que é bem raro esse tipo de produto em uma embalagem tão única, no entanto, tenham em mente que o tamanho deles é mínimo. São produtos que tem multi função. 


O meu escolhido foi o Golden Age, que pode ser usado como iluminador ou sombra. Mas ainda há a opção do Sepia, que também pode ser usado como sombra ou contorno.

Além dos meus escolhidos na coleção você encontra necessaire, espelho,  blot papers, curvex dourado, máscara de cílios, delineador marrom <3 - quem me segue no snap sabe que eu amo mais que delinedor preto - lápis labiais e lip mix, que é aquele produto labial em tubinho pra ser aplicado com pincel.

A coleção lançou dia 14/04 nas lojas e na semana passada no e-commerce da marca. Eu avisei lá no instagram @glamorousroutine, e muita gente conseguiu garantir alguns mimos.
<3

terça-feira, 15 de março de 2016

MakeUp Review: MAC Retro Matte Líquidos - Dance with Me e Oh Lady

A resenha de hoje é dupla com esses meus novos queridinhos: os batons retro matte líquidos da MAC.
Particularmente achei que a marca demorou para lançar a sua versão dos queridinhos do momento e as cores em um primeiro momento não me impressionaram.
Porém conforme foram saindo os swatches, duas cores se destacaram pra mim.


A primeira foi esse vermelho sangue coagulado riquíssimo, um vermelho Valentino real-oficial que veio pra desbancar meu vermelho da vida, antes nomeado como Stila Fiery.
O Stila Fiery já era uma opção mais fria e fechada que os vermelhos mais clássicos que encontramos no mercado, mas o Dance with Me tem um fundo azulado bem presente, o que faz dele um vermelho ainda mais intenso e lindo, na minha opinião, é claro!
Foi amor a primeira aplicada e obsessão total!


E ao contrário do que eu imaginava, é um vermelho diferente da grande maioria dos batons que eu possuo. <3


A fórmula possui uma textura mais cremosinha, não tão fluída como os da Lime Crime e mais cremosinha como os da Stila e Dose of Colors. 
A duração eu achei muito digna. não saem por qualquer coisa e a não ser que você coma alimentos gordurosos ele se permanecerá intacto.
O aplicador é simplesmente o melhor que já testei. 
O formato que tem uma pontinha, permite que você contorne bem os lábios e o cabo mais curto confere mais precisão na hora de aplicar.
Eles não secam imediatamente, levam um minutinho pra secar aproximadamente, o que é super favorável se você precisa consertar alguma área ou pressionar um lábio contra o outro para espalhar a cor.
Aliás, uma camada é o suficiente, pois a cor fica super uniforme, não mancha, não craquela e fica um verdadeiro veludo nos lábios.
Abrirei um parenteses aqui para dizer que a cor High Drama pelo que andei lendo de resenhas, é uma cor difícil de aplicar e deixar uniforme. 
Porém não tenho nadica a reclamar das duas cores que experimentei.
A embalagem me surpreendeu, eu achei que não fosse curtir, mas é muito bem feita e possui excelente acabamento.
O preço eu achei justo. Custam R$86 reais e eu sinceramente achei que se os convencionais custam R$73 esses líquidos viriam na faixa de R$99. Feliz engano!
Tem vídeo meu no youtube contando detalhes e mostrando como ele se comportou durante o dia, é só clicar aqui para acessar.

A segunda cor que me encantou foi a Oh Lady. 
Um roxinho muito do elegante. Aviso as navegantes que é um batom mutante. Fica diferente em cada tom e fundo de pele. 
Em mim ele destacou mais o fundo roxinho mesmo, mas em algumas luzes ele parece um ameixa, mais fechado.


Mas é uma cor ainda mais única na minha coleção.


Fiquei bem feliz com essas duas aquisições, que aliás foram presentes do boyfriend pelo dia da mulher <3.
E sem dúvida compraria outras cores, porém ainda não constatei nenhuma outra que já não tenha algo parecido.
Torcendo para que a MAC aumente essa linha, que aliás, é permanente.
Então, como diria mamãe, não precisa de sangria desatada. Dá pra ir na loja, experimentar, se apaixonar e resolver deixar pra comprar depois.
Mas adianto, a chance de você se apaixonar por esse vermelho é GRANDÍSSIMA!

terça-feira, 8 de março de 2016

MakeUp Review: Colour Pop Ultra Matte Tulle

Mais um marronzinho para amar: ele se chama Tulle e tem uma cor apaixonante.
Diferente dos marrons que já mostrei por aqui, ele tem um fundo avermelhado e inusitadamente frio, mas sem deixar de ser marrom.


A fórmula é velha conhecida aqui, não vou me adentrar em detalhes porque fica repetitivo, mas é bem fluída e bem seca. Mas a duração é incrível.
Uma das minhas cores favoritas da marca e com certeza um must have para o inverno que se aproxima.


sábado, 5 de março de 2016

MakeUp Review: Colour Pop Ultra Matte Guess

Quebrando paradigmas com um batom mais que audacioso. 
Esse é o Guess da Colour Pop, um roxo tão escuro e intenso que parece preto.
Além de tudo ele tem um fundo um pouco azulado! 
Dependendo da luz ele parece roxo bem escuro, ou azul quase preto ou até preto. 


Simplesmente audacioso!
O batom fica incrível nos lábios e me peguei pensando: Como uma marca tão digna e baratinha como a Colour Pop faz um batom escuro tão uniforme e pigmentado?
Tirando o meu Chianti da Stila que também fica um veludo nos lábios e tem resenha aqui no blog, a grande maioria dos batons líquidos nessa tonalidade ultra escura ficam um pouco manchados nos lábios ou são extremamente complicados de aplicar.
É assim com o Jetés da Dailus, com o Transylvania da NYX, com o Malevolent da LAsplash e inclusive com o High Drama recém lançado da MAC.
E eu fiquei no chão de amor com o Guess que com uma camada fica soberano!
A fórmula já comentei muitas vezes por aqui, eles são ultra secos de verdade. São mais para textura fluída e secam mesmo! A duração é excelente!
Pra quem quer estar FULL GÓTICA, rainha das trevas > esse é o batom.


Oficialmente obcecada.

quinta-feira, 3 de março de 2016

MakeUp News: Novidades Maybelline no Brasil

Finalmente teremos novidades da queridinha Maybelline aqui no Brasil.
Os batons da linha Creamy Matte, aqueles que eu tanto adoro da linha gringa, já estão disponíveis nos quiosques da marca.


São 6 cores que possuem nomes diferentes dos americanos mas que terão a mesma fórmula: muita opacidade porém conferindo conforto, em outras palavras, são mattes mesmo mas não deixam aquela sensação ultra seca sabem?

Tem vídeo no meu canal do YT com resenha das cores e fórmula que eu tenho na versão de fora, para assistir é só clicar aqui.
Ainda não sei informar se as cores de lá correspondem com as cores daqui, mas farei um update assim que souber se há algum nome correspondente.

Uma outra novidade bacana é que além dos batons, a linha Fit Me Matte também chegará aos quiosques da marca final do mês de março/início de abril. 
Ainda não temos informações precisas, mas parece que teremos base, corretivo e blushes.


A foto foi um sneek peek no snap da Bruna Marquezine, embaixadora da marca.
Também tem vídeo com resenha da base na versão gringa lá no canal CSI Beleza, para assistir, clique aqui.

Tão bom quando chega coisa nova pra gente testar!

domingo, 28 de fevereiro de 2016

MakeUp Review: Lime Crime Velvetine Cement

Vocês sabem que eu sou super fã de batons que deixam as pessoas PETRIFICADAS né?
Sim, aquele batom diferente que todo mundo fica de cara que você teve coragem de usar.


Depois daquele azul - i m p a c t a n t e - que vocês viram aqui no blog, achei que era a hora de investir no Cement da Lime Crime, um cinza verdadeiríssimo!
Segundo meu boy, ele parece que você caiu de boca no cimento. hahaha
É um batom polêmico, mas nessa tendência de acizentados achei que poderia ousar um pouco mais!
Para minha surpresa recebi muitos elogios com ele, não sei se pela real beleza ou pela coragem, mas eu AMEI DE VERDADE 


A fórmula da Lime Crime vocês já conhecem de tanto eu falar por aqui, textura bem líquida, parece uma tinta ultra pigmentada que pinta os lábios e não saem praticamente por nada.
Um dos melhores em termos de duração com certeza.
Custam U$20 dólares e só são vendidos no próprio site da marca.

~frozen~

MakeUp Review: Colour Pop Ultra Matte Teeny Tiny

O batom de hoje é um marrom mutante..ele é frio e acizentado mas tem um fundo malva/uva impossível de definir..
É o misto das duas cores do momento, o marrom e essa vibe defunta/cadáver do cinza.
Ainda com uma pegadinha malva que também é super in!


A fórmula dos ultra matte da Colour Pop vocês já viram eu mencionando extensamente por aqui, é uma fórmula mais líquida que proporciona um toque bem seco, são ultra matte de verdade e duram muito. A fixação é incrível e pelo precinho amigo, valem demais. Custam U$6 dólares na gringa e são vendidos aqui no Brasil na faixa de R$ 40/50.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

MakeUp Review: QDB Marronli

Ele é o marronzinho do momento. 
Além de versátil e elegantinho (será que só eu acho batons marrons a cara da riqueza?), a fórmula dos batons da Quem disse Berenice é bem digna pelo precinho amigo e a acessibilidade maravilhosa.
Fora que a cor é bem única, diferente de tudo que eu já vi, inclusive considerando os batons importados.


É um marrom médio com fundinho quente cor de caramelo, camelo, camurça.. hahahaa que é só amor e vejo ele ficar bem em todos os tons de pele.
Se você não tem, corre pra comprar o seu porque esse batom é lindo demais! Vem pro bonde do Marronli você também.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

MakeUp Review: Veronica Anastasia Beverly Hills Liquid Lipstick

Atual queridinho da minha coleção, esse marronzinho com fundo malva me surpreendeu com sua beleza e versatilidade.
Uma cor elegante que combina com tudo, makes mais quentinhas ou mais frias, mais elaboradas ou aquela no makeup makeup de todo dia. É uma cor mais aparecidinha e não tem aquele fundinho acizentado de defunto que ando obcecada, mas ainda assim, arrebatou meu coração.


O Veronica é uma das últimas cores lançadas, assim como o Sepia, sendo assim, eu notei uma melhora na fórmula que o primeiro lote que resenhei aqui pra vocês (Vintage, Bloodline, Sad Girl e Vamp).
Eles estão durando um pouco mais, sendo a consistência uma das mais confortáveis no quesito batom líquido do mercado. A cor fica totalmente uniforme com uma camada e não craquelam de forma alguma.


Os batons líquidos custam U$20 e ainda não são vendidos no Brasil. 
Tenho algumas cores próximas ao Veronica na minha coleção, mas não chegam a ser dupes idênticos.


Amadinho.

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

MakeUp Review: Chianti Stila Stay All Day Liquid Lipstick

Pensem em um gótico nato, aquele REAL OFICIAL e com certeza estariam descrevendo esse batom da Stila.
O meu veio naquele kit de Natal com 6 minis, porém ele já foi acrescentado na linha permanente.
É um roxo muito escuro, quase preto, bem casca de beringela, aquele roxo ameixa desidratada sabem?


É um batom que naqueles dias mais frios será a minha primeira opção. Excelente para causar em festas porque a duração desses batons da Stila é excepcional!


Comparando com alguns roxos intensíssimos da minha coleção, de baixo pra cima, MAC Instigator, Smoked Purple e Cyber e acima Colour Pop Guess e Lasplash Malevolent que também tem a fórmula líquida.


Para fazer a pirigótica. :)

domingo, 3 de janeiro de 2016

MakeUp Review: Colour Pop Ultra Matte Kapow

Segundo dia do ano e resolvi finalmente parar de preciosismo e usar esse lindo.
Comprei tem tempos, mas sabe quando você fica aguardando a ocasião perfeita pra usar? Então.
Esse é o Kapow, um cinzinha maravilhoso, meio polêmico porém que estou super na vibe ultimamente.
Ele é no estilo do Sepia da Anastasia que vocês já viram resenha recentemente aqui, porém um pouco mais acizentado e frio.
Devo ressaltar que a fórmula dos batons líquidos da Colour Pop é esplêndida, melhor custo x benefício do mercado com certeza,
Por U$ 6 dólares ou pela faixa de R$ 40 reais como são vendidos por aqui, valem muuuuito!
Eles são secos, bem secos. Pra quem tem os lábios muito ressecados eu não indico, mas nada que um bom balm alguns minutinhos antes não possa consertar.

A cor é diferente, é modernosa, é rica contemporânea. É mais escura e impactante porém na mesma pegada que o famoso Stone da MAC, No melhor estilo defuntinha!


Infelizmente não tenho o Stone da MAC para comparar pra vocês, mas tenho o Sepia da Anastasia que é bem próximo, lembro que optei pelo último por ser na fórmula líquida, que eu prefiro. 
Definitivamente é um batom único na minha coleção.


Na foto: Colour Pop Kapow, Anastasia Sepia, Colour Pop Teeny Tiny e Lime Crime Cashmere. 
Todos bem diferentes um do outro mas com essa vibe mais fria e um fundo que fica bem acizentado nos lábios, cada um na sua maneira.

Eu amei, e vocês usariam?

sábado, 2 de janeiro de 2016

MakeUp Review + My Make: Kat Von D Exorcism - Happy New Year!

Dezembro não teve post, não teve wishlist de Natal que sempre rola, mas é que foi um mês tão corrido que não tive tempo nem de dar um oi por aqui.
Hoje estou aqui para mostrar minha maquiagem da virada e desejar um feliz ano novo a todas! Uma das metas de 2016 é tentar arrumar mais um tempinho para me dedicar a esse espaço que gosto tanto. Amo poder mostrar os produtinhos pra vocês.
O batom usado foi o Exorcism da linha de batons líquidos da Kat Von D, para exorcizar de vez o ano de 2015, que convenhamos foi um ano bem enxavido. 
Obviamente que se faço a gótica o ano inteiro, não podia fazer a angelical na virada né? 


E o Exorcism é esse tipo de batom: vamp-glamouroso-rico!
A fórmula eu sempre elogio aqui, é uma das que mais duram. 
Achei a aplicação bem uniforme para essa cor em especial, que em outras marcas reparo que tem a tendência de manchar um pouco. 
É uma cor bem única na minha coleção, não tenho nada muito próximo, pois é um vinho escuro com um fundo bem roxinho, como se fosse uma versão mais sequinha, escura e intensa do Fashion Revival da MAC.
Confesso que ando mais na vibe dos batons vinhos com fundo mais arroxeado do que os com fundo avermelhado ultimamente, e me dei conta que tenho bem poucos nesse estilo.


A make eu quis fazer bem iluminada com os olhos bem destacados.
A pele fiz com primer Stay Flawless + base Perfection Lumiere da Chanel + corretivo Nars Radiant Creamy e pó Mineralize da MAC e nas bochechas com a base em pó da Kat Von D que to achando mara para poros. Contorno com a cor medium da palette da LORAC e + um toque do bronzer da Dior Nude Tan 003 e blush Mood Exposure da Hourglass, finalizando com muito iluminador - o Sun Bean da Benefit de base + Champagne Pop e Topaz misturados da Becca.
Nos olhos: MAC Painterly de base, mix de MAC Soft Brown + Haux no côncavo, sombra Leader da paleta Tartelette in Bloom no canto externo com um toque da Urban Decay Blackout, e no centro da pálpebra mix da sombra Funny Girl + Midnoght Cowboy da Urban Decay e por fim, bastante máscara de cílios - Perversion da Urban Decay e In Extreme Dimension da MAC + delineador em canetinha da Kat Von D. 



UFAAA, quantos produtos, mas datas assim a gente se empolga ne? No final fica essa baguncinha boa que vcs estão vendo acima.

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Batom azul sim ou não? - MakeUp Review do Lasplash Sirius

O post de hoje é uma "tendencinha" para quem tem muita atitude: batom azul.
Não é de hoje que as marcas gringas começaram a lançar suas opções de batons azuis e começou a surgir um burburinho entorno dessa cor, principalmente entre as americanas.
As marcas nacionais que atualmente estão super ligadas no que acontece lá fora, timidamente vêm disponibilizando no mercado opções para nós brasileiras
Até nossa it girl favorita - Kylie Jenner - recentemente abalou de batom azul.


Meu desejo de batom azul é antigo, começou desde que a Kat Von D lançou a sua linha de batons em bala com embalagem preta de spikes, a Studded Kiss, foi então que a cor Poe fez meu coraçãozinho bater mais forte.
Como além de ser azul, era metálico, fiquei lá debatendo a minha audácia de usar.
Desde então vinha procurando um batom azul escuro matte que fizesse a minha cabeça, de preferência um que fosse líquido, porque sou esse tipo de pessoa exigente, rs.
Foi então que conheci o Abused da Jefree Star, um azul marinho fechadíssimo > maravilhoso, que entrou imediatamente na minha wishlist.
Como era um batom que custava U$18 dólares + frete dos EUA + frete do Brasil, o preço final do produto me deu uma desanimada.
A MAC chegou a lançar o Matte Royal na coleção The Matte Lip, mas ainda não era o meu sonhado azul líquido veludo nos lábios.
Foi então que na febre dos batons da LAsplash lembrei do Sirius, um azul escuro marcante, matte e líquido do jeito que eu desejava > BAZINGA! 


Com o problema de direitos autorais da LAsplash, que à época estava em transição, deixando de nomear os seus batons com tema do Harry Potter e da Disney, o meu batom demorou a chegar, mas ainda consegui a cor na leva dos nomes do HP <3 Sim, foi amor a primeira vista!
Assim que ele chegou, eu corri para experimentar e foi aquela OBSESSÃO, esperando a melhor oportunidade para estreá-lo.
O Sirius é um azul lindo, é escuro mas dependendo da luz ele fica com uma nuance diferente, ele é totalmente matte, fica super sequinho, dura horrores nos lábios. 

Considerando que vejo que é uma modinha que pode ter futuro, fiz uma seleção bem democrática de batons azuis, marcas nacionais e importadas, e faixas de preço variadas, para quem compartilha esse 'desejinho' comigo possa amadurecer a ideia de ostentar um bocão azul por aí:


1 - Primeiramente o precursor, o Studded Kiss Poe da Kat Von D, custa U$20 dólares nos Eua e R$99 aqui no Brasil.
2 - MAC Matte Royal - U$17 na gringa e R$69 aqui.
3 - A NYX têm 3 batons azuis nessa linha Wicked - Immortal, Envy e Sinful - batom azul para todas as preferências, custam U$6 lá fora.
4 - Tracta Matte - Blue 79, por R$ 32,85, uma ótima opção nacional.
5 - Pra quem quiser fazer um charminho sem gastar muito, o Azul da Natura Faces tem precinho convidativo R$12,90 > Alegria e ousadia purinho!
6 - Da linha Everlasting Liquid Lipstick, o Echo da Kat Von D por U$20 dólares na gringa e sem registro de venda dessa cor no Brasil.
7 - O Paint da Anastasia Beverly Hills é aquele azul para causar, com muitos reflexos metálicos, custa U$20 dólares e só é vendido oficialmente na gringa.
8 - A marca Jeffree Star também oferece batons azuis de várias tonalidades - Abused, Jawbreaker e Blue Velvet - custam U$18 dólares e também só são vendidos fora.
9 - A queridinha Colour Pop possui na sua linha Ultra Matte dois azuis - Mr Blonde e Jellies, uma opção importada com precinho camarada. U$6 obamas.
10 - A estrela do post que é o que eu estou usando, vende no próprio site da LAsplash, mas infelizmente não entrega no Brasil. Custa U$13,95.
11 - Para finalizar, a Dailus, para alegria geral da nação, tem na sua linha de líquidos matte, a cor Vamp, que em fotos parece roxinho, mas na realidade é azul real. É barato, é acessível, é matte. Custa em torno de R$19.90, varia muito conforme a localidade e estado.
Algumas comparações no melhor estilo #utilidadepública:


Obviamente que é uma cor que foge totalmente do óbvio e eu, particularmente, não usaria em qualquer ocasião. Mas para uma festa informal, ou um evento mais descontraído, acho super válido.
Essa é minha história de amor com batom azul, e você, pretende ter uma?
Ps: O Abused ainda continua na minha listinha dos sonhos.


Para fazer combinandinho com os lábios, que eu amo, fica a dica do esmalte Jeans da Colorama.
E tem mais foto no meu insta - @glamorousroutine - e tem vídeo lá no canal mostrando aplicação do Sirius e falando um pouco sobre batons azuis, só clicar aqui.