quinta-feira, 3 de setembro de 2015

MakeUp Review: LORAC Unzipped Palette

Um amor imenso é o que eu tenho pelas sombras dessa marca.
Ouso dizer que são minhas favoritas da vida inteira. ~ CLIMÃO URBAN DECAY.


São ultra pigmentadas e sendo assim uma semi encostada no pincel já garante bastante cor, ou seja, duram muito e são sombras ótimas de serem trabalhadas, porque esfumam bem entre si, mas sem transformar em uma cor só, proporcionando dimensão a maquiagem. 
Elas são um pouquinho esfarelentas mas nada absurdo.
A embalagem é bem básica, porém leve, muito compacta e resistente, ótima pra viajar ou carregar na bolsa.
A combinação de cores é incrível, como poucas já vista na vida.


As sombras shimmer dessa palette parecem pigmentos prensados de tão brilhosas, rycas e luxuosas.
E as matte possuem qualidade excepcional.
Sei lá, uma das melhores compras com certeza.
Existem duas versões dessa palette, a Unzipped original que é a minha e a Gold, em tons mais dourados e acobreados.
Paguei U$42 dólares feliz, porque virou queridinha. Infelizmente a Lorac não vende no Brasil, nem na Sephora de fora.
Só é possível encontrar na Ulta e na Kohl´s americanas ou no próprio e-commerce da marca.

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

My Make: Lime Crime Velvetine Cashmere + Strobing

O batom de hoje é uma daquelas surpresas ótimas da vida que eu sequer imaginava que fosse amar tanto.
Minha pele é morena clara mas tem um fundo muito amarelado, então jamais apostaria que um batom nude com um fundo tão frio e acizentado quanto o Cashmere fosse ficar bom em mim.
Mas estou achando nudes assim tão elegantes e usáveis que virou um dos queridinhos.



A duração deste batom líquido é maravilhosa, mesmo ele sendo clarinho, e isso costuma não ocorrer em todas as marcas de batons líquidos de longa duração, os quais os nudes geralmente duram menos tempo que os batons mais escuros.




Na foto os raios luminosos não são efeito, são reflexos do iluminador no espelho, o que nos leva a técnica do strobing que quis aprimorar na minha vida e que eu já expliquei pra vocês no que consiste a uns posts atrás aqui, então aproveitei e fiz um mix de contorno e over strobing e uma make mais noitchy - quero causar. 

A pele mais luminosa fiz misturando um pouco do primer  Radiant da Laura Mercier + That Gal da Benefit + a base Maybelline para peles secas que eu tenho, a Dewy + Smooth e fiz contorno cremoso com base mais escura em forma de bastão da NYX e jogo de luz com a canetinha iluminadora da Maybelline a Dream Lumi. O resultado para ilustrar foi esse ~ don´t mind the snapsave:



Esfumei tudo com a esponjinha da Real Techniques e assentei com pó Beige dessa paleta PRO de contorno da Lorac e claro, reforcei o contorno com o pó médio também dessa palette, muito conveniente e versátil, ótima pra quem curte caprichar mais nessa técnica de contorno.

Para o strobing que é o ato de iluminar os pontos mais altos do rosto, eu usei o Soft and Gentle um pouco na testa, nariz, queixo e adicionei ele + o Miss Liberty da NARS em cima do ossinho das maças do rosto, indo em direção das têmporas.

De sombras usei o Painterly da MAC de base de sombras, usei a cor Mulberry da palette Mega da Lorac no côncavo, esfumei lápis preto no canto externo dos olhos e esfumei com a sombra Black da mesma paleta em direção ao final das sobrancelhas, deu esse efeito mais moderninho e diagonal na make.
Esfumei também com as mesmas cores rente aos cílios inferiores e apliquei máscara de cílios.


Simples e com um grande efeito. Amando sair glowing por aí. E vocês já adotaram o strobing?

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

MakeUp Review: Faded Velvetine Lime Crime

O batom de hoje é uma das últimas cores de Velvetines lançadas, a Faded.
Vocês já viram nos posts anteriores o meu amor declarado por essa fórmula da Lime Crime. 
Pra mim é a fórmula que mais dura entre os todos os batons líquidos que já testei, e olha que não foram poucos.
A cor de hoje é a Faded que é uma cor bem diferente de tudo que eu tenho na minha coleção,
É um nude com fundo lilás, ou vice versa..eu só sei que não é lilás puro, ele tem um fundo quente que torna um tom muito usável, diferente de todos os tons de lilás que já me deparei pela vida e bem difícil de descrever.
É uma cor discreta super charmosinha. Fica linda com makes mais poderosas ou mais simples.


Estou obcecada por essa cor!
Em termos de comparação, o batom mais próximo que consegui encontrar é o Lovegood da Lasplash aka batom do Harry Potter (apelido que eu dei para os batons dessa marca) que vocês já viram resenha aqui, que não é tão acessível em termos de facilidade de comprar, mas é consideravelmente mais barato. Enquanto o Faded custa U$20 dólares, o da Lasplash custa U$13.98.


Ambos lindos e com excelente duração. O que vocês acharam da cor? Usariam?

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

MakeUp Review: Batons Líquidos Colour Pop Ultra Matte

O post de hoje é sobre os batons líquidos de efeito matte da marca Colour Pop.
Se você me acompanha aqui no blog, ou no meu instagram ou canal, você já sabe que eu sou apaixonada pelos lippie stix da marca, que são aqueles batons em formato de canetinha retrátil. 
E assim que a marca anunciou o lançamento dos batons líquidos eu fiquei mais que empolgada em testar algumas cores, já que os produtos da marca são conhecidos pelo excelente custo x benefício que proporcionam.
Os batons líquidos custam U$ 6 dólares enquanto os lippie stix que já resenhei algumas cores aqui custam U$ 5.


São 25 cores disponíveis na linha permanente e a marca hoje mesmo anunciou mais 8 cores que entrarão no site pra venda ainda esta semana.
Eu tenho 7 cores e amei cada uma delas. Mas minhas favoritas foram Tulle, Bumble, Sollow e Succulent.


A duração é bem incrível, teve um dia que cheguei a usar a cor Trap por surpreendentes 12 horas e apenas o centro dos lábios ficou minimamente comprometido depois do almoço. Não craquelaram e nem esfarelaram no decorrer do dia.
Quanto a textura, eles são bem secos. São como uma tinta, bem líquidos e fluídos, assim como os da Lime Crime, e quando secam, secam completamente, formando uma camada super fina nos lábios.
Tendem a acumular um pouco nas linhas finas dos lábios, até pela textura bem leve, mas nada muito drástico.
Se você não gosta de batons extremamente secos, provavelmente não vai ser uma boa opção pra você, mas se você como eu, não se incomoda e prioriza muito mais a duração nos lábios, com certeza você vai ficar satisfeito.
Até porque, por esse precinho amigo, você compra 3 cores dos Colour Pop ao invés de apenas 1 da Lime Crime, então pra mim, acho que compensou demais.
As cores são lindas e eles são muito pigmentados. Uma camada é suficiente para cobrir e conferir cor total.

A embalagem é incrível para um batom nessa faixa de preço, inclusive bem similar a embalagem dos batons da Anastasia Beverly Hills que custam U$20 dólares.


O aplicador é pequeno e confere ótima precisão na hora de aplicar. 

Fiz umas comparações com alguns outros batons líquidos famosinhos que eu tenho e descobri alguns dupes, uma ótima alternativa pra quem está na economia.


Trap é uma cor um pouquinho mais intensa que a Cashmere da Lime Crime, enquanto a Bumble é praticamente idêntica ao Riot. A Tulle lembra o Lolita da Kat Von D., mas é mais escura. Já o Avenue é um pouco mais claro que a Wicked também da Lime Crime.

Ps: A cor Trap parece craquelada no swatch, mas é porque eu tentei acertar o formato aplicando várias camadas e essa área do braço eu  movi muito abrindo as caixas e embalagens dos batons, mas nos meus lábios a cor não fica assim.
Aliás, todas essas comparações e aplicações vocês podem conferir melhor no vídeo que gravei no CSI Beleza, para assistir - clique aqui -.

Das cores novas que foram anunciadas hoje já estou de olho na Clueless, afinal de contas, patricinhas de Beverly Hills formaram meu caráter né?


Concluindo minha resenha, digo que gostei muito dos batons e compraria outras cores. Os da Lime Crime e da Kat Von D. ainda são meus preferidos, mas pelo preço, acho que fiz uma excelente compra.

terça-feira, 28 de julho de 2015

MakeUp Tips: Strobing - o que é e como usar?

Se você acompanha Kim Kardashian ou algum makeup artist famoso, com certeza já ouviu falar na palavra Strobing certo?

Então, para esclarecer de uma vez essa técnica de maquiagem que não é nova, porém tem virado uma tendência fortíssima a ser seguida, achei que seria de utilidade pública fazer um postinho sobre o assunto. Sabe pele de rica? Então.


O Strobing é a técnica de iluminar os pontos altos do rosto, geralmente aqueles pontos onde temos ossos saltados, como acima das maçãs do rosto, naquele ossinho abaixo da sobrancelha, topo do nariz, na testa, no queixo, e em todos os lugares que você tenha a intenção de destacar. 


Iluminar no cantinho interno dos olhos também é uma ótima dica para parecer mais acordada! Assim como iluminar naquele "v" do contorno superior dos lábios é um truque que deixa os lábios parecendo maiores.
Vai deixar a sua aparência bem jovem e fresh que é o que tem sido tendência atualmente..uma pele mais natural e iluminada.
A técnica de Strobing puramente é usar apenas o artifício da iluminação mesmo, é você iluminar de forma artificial aqueles pontos que você deseja destacar, porém essa técnica para quem tem rostos mais arredondados pode não ser a melhor aliada, já que se não houver nenhum artifício de sombra com produto mais escuro, o rosto pode parecer sem muita dimensão, mas nada impede que uma técnica seja aliada a outra.

O Strobing pode ser feito em duas fases. A primeira é dar uma luminosidade leve por inteiro no rosto. Você pode fazer isso usando uma base de efeito mais dewy (como a Teint Miracle da Lancôme, Giorgio Armani Luminous Silk, L´óreal True Match) ou misturando produtos líquidos com partículas de brilho na sua base convencional ou matte, como o próprio Strobe da MAC que é um hidratante específico para essa técnica, o That Gal da Benefit ou qualquer primer luminoso ou iluminador líquido que você tenha para dar um glow a mais na sua pele.

A segunda fase é iluminar in loco as partes do rosto onde você quer destacar, geralmente usamos produtos em pó ou cremosos nessa fase e aplicamos com pincel exatamente onde queremos o brilho.
Fiz uma seleção dos produtos mais badalados do momento, mais baratinhos e luxuosos também, para quem está querendo experimentar ou se aperfeiçoar na técnica:



Nyx Liquid Illuminator U$7,49; Revlon Photoready Skinlights U$13,99; MAC Strobe Cream U$33 ou R$ 153; NARS Copacabana U$30 ou R$145; Benefit Girl Meets Pearl U$30 ou R$149.
The Balm Mary LouManizer U$24 ou R$89; L´óreal True Match Lumi U$12,99 e Becca Cosmetics Champagne Pop U$38.

Aproveitei o post para mostrar meus iluminadores em pó preferidos e quem quiser assistir vídeo específico tem o link aqui que redireciona para o meu canal.


Pra quem ainda tem uma certa dificuldade em assimilar o Strobing, achei uma foto genial na internet que resume bem a simplicidade dessa técnica. hehehe


:) <3 
Eu sei que o clima aqui do Brasil não é dos mais propícios, mas vamos tentar adotar essa concepção, e porque não tentar abraçar mais nossa oleosidade natural? 
O Strobing sem dúvida é o novo contorno. 

segunda-feira, 27 de julho de 2015

MakeUp Review: Utopia Lime Crime Velvetine

A review de hoje é sobre o batom Utopia que ficou super famoso quando usado pela Grazi Massafera.


Eu já contei detalhes sobre a textura, duração, acabamento dos Velvetines no post do Red Velvet.
Mas em suma, são batons líquidos de efeito matte, que ficam um veludo nos lábios. De todos os batons nesse estilo que já usei, são os que mais duram. 
A textura é super líquida e eles secam muito rápido. Só amor. 
A cor é esse magenta maravilhoso.



Tem um fundo azulado e frio, dependendo da luz se nota uma nuance levemente roxinha ou mais rosada.
Em fotos ele fica uma cor bem pink, mas pessoalmente ele fica mais fechado.
A cor desse batom complementa incrivelmente bem maquiagens com tons de grafite, malva, prata..o que não impede, claro, que você use em looks mais quentes.



Comparando o Utopia com outros batons magentas da minha coleção..


Aquele batom que dá uma vida no rosto.
<3

MakeUp Review: MAC Giambattista Valli Swatches

Se tem uma coleção que eu fiquei histérica foi essa.
Me digam numa escala de 10 a 11 o quão incrível são essas embalagens da mesma cor dos batons?
A MAC podia adotar isso pra vida inteira né?

Margherita, Tats, Charlotte e Eugenie

Deixei de fora apenas o Bianca, que é um rosinha bem clarinho, com um fundo bem frio e esbranquiçado, apesar de achar a embalagem a mais linda, tenho consciência que é uma cor que eu jamais usaria com meu fundo de pele super amarelado.
Mas fiz questão de adquirir todos os outros, mais pela embalagem, confesso, porque as cores são bem clássicas e dupáveis, com certeza quem tem muitos batons já tem algo parecido na coleção.
O acabamento de todos são matte, porém o mais escuro me parece semi-matte, ele não fica tão sequinho quanto os demais.

Quis fazer um post bem utilidade pública mesmo, já que a coleção apesar de ter esgotado super rápido na gringa, tem previsão de chegar ao Brasil em setembro, então comparei com outros batons da MAC que tenho na minha coleção, para que cada uma possa avaliar melhor quais são os must haves da coleção e correr pra garantir quando chegar.


Tem vídeo no youtube com lipswatches e detalhes aqui.


O Charlotte é bem idêntico ao Russian Red mas a textura parece mais sequinha e opaca e o Eugenie apesar de parecido com alguns não é gêmeo idêntico de nenhum da MAC que eu tenho.


Só sei que estou apaixonada e afirmo que agregaram muito valor e beleza a minha penteadeira, sem dúvidas!
<3
Vocês pretendem adquirir algum?

terça-feira, 2 de junho de 2015

MakeUp News: Urban Decay Smoky Palette

A segunda maior notícia da internet ontem foi o lançamento de mais uma Naked da UD - claro, porque a primeira foi a revelação da gravidez da Kim Kardashian. hehehe


Nas redes sociais do blog ontem eu postei inclusive furo dos swatches das cores das sombras e hoje venho com mais detalhes aqui no blog.
A palette vem mais escura, mais propícia a looks mais dramáticos e smokey eyes mais marcados, mas possui bons tons clarinhos para iluminar também.

- Credit: xsparkage -

A palette conta com 4 sombras matte, o que acho bem digno, e as demais sombras com shimmer que é bem característica da marca.
A embalagem segue o tamanho das anteriores, porém ela veio menos arredondada.
Segue o skeek peek que postei ontem dos swatches..


A Naked Smoky vai ser lançada dia 08 de julho no site da marca. Provavelmente custará U$ 54 dólares, o mesmo valor das demais Nakeds.

Segue o vídeo com o teaser da palette.


E aí, vocês acham que é um MUST HAVE ou dá pra viver sem?

domingo, 31 de maio de 2015

MakeUp Review: Colour Pop Lip Stix - Lumiere, Bichette e Dalia

Hello girls,

O post de hoje é sobre esses batons em formato de canetinha que estão bombando na internet. 
A Colour Pop é uma marca relativamente nova, que está no mercado a pouco tempo.
Ficou conhecida justamente pelos produtos labiais, que são vendidos por U$5 dólares cada e cada cor de batom tem um lápis labial na mesma tonalidade e nome.


A embalagem é tão digna para um produtinho tão em conta, eles são retráteis (dispensam o uso de apontador), e fecham super bem, não corre o risco de abrir dentro da necessaire.
Um outro pro dessa canetinha é o formato, que confere uma precisão ótima na hora de aplicar o produto nos lábios.
São ótimas pra jogar na bolsa e reaplicar durante o dia. Não ocupa espaço e dispensa o uso de lápis labial.
As 3 cores que comprei são mattes, porém a marca oferece também os acabamentos satin e glossy e uma infinidade de cores que variam das mais clássicas a algumas nada convencionais, como verde, azul, cinza.
A textura dos mattes é bem confortável e a duração é boa, mas não é extraordinária. Eu diria que eles são comparáveis aos mattes da MAC e vejo muitas gringas comparando com a textura dos Velvet Lip Pencils da NARS, que são mais caros e não possuem embalagem retrátil.

 A cor Lumiere virou um dos meus nudes favoritos. Ele é mais aparecido, tem um fundo bem frio e um toque bem presente de malva.


A cor Bichette virou meu vermelho predileto. É um vermelho de rycah, vermelho Valentino, com um fundo também frio e azulado. É um vermelho fechado e intenso, sem toque de vinho.



A cor Dalia é um vinho clássico. Também é fechado na medida. Ele fica levemente mais escuro que o famoso Diva e super dupe do Sin, ambos da MAC.



A vontade é de colecionar todas as cores tamanha versatilidade. 
Lá fora são vendidos somente pelo próprio site da marca e infelizmente não entrega no Brasil. Aqui somente podem ser encontrados através de lojinhas que trabalham com importação.
Beijos

quinta-feira, 28 de maio de 2015

MakeUp Review: Batons Líquidos a prova d´água LAsplash

Hoje eu venho com uma novidade pra vocês, os batons líquidos de efeito ultra matte da marca LAsplash.



Eles ainda são pouco conhecidos aqui no Brasil, mas as youtubers e makeup gurus do instagram americanas não param de declarar o seu amor.
O que me chamou a atenção e instigou o meu desejo de experimentá-los é que além de longa duração eles prometem ser a prova d´água.
GENTE, e eu fiz a prova. Comi, bebi a tarde inteira, tomei banho, lavei o rosto e PASMEM, o batom estava lá. MAS O QUEEEEEE??? Na hora tive até que fazer um snap pra registrar.
E o mais surpreendente é que as cores mais claras foram as que tiveram a melhor performance. Geralmente ocorre justamente o contrário. As cores escuras após as refeições, que no meu caso foram bem gordurosas, saíram um pouco bem no centro dos lábios, principalmente a cor Ravenclaw, que é esse marrom bem escuro. Acredito que pelo fato da textura dele ser mais grossinha que a da cor Malevolent.
Vou explicar porque.
As cores Lovegood e Malevolent pertencem a linha Lip Couture (embalagem dourada) que tem uma textura mais líquida, muito semelhante aos Velvetines da Lime Crime. 
Já as cores Nymph-adora e Ravenclaw pertencem a linha Smitten Lip Tint Mousse (embalagem pink mas que na hora de comprar eu acabei optando pela embalagem dourada - acredito que a pink estava em falta) e possuem a textura mais cremosinha, comparável aos Soft Matte Lip Creams da NYX. 
Ambas as linhas praticamente não possuem diferença visível nos lábios, ficam super matte, secam com a mesma rapidez e possuem praticamente o mesmo tempo de duração.
A marca ainda conta com a linha Studio Shine Lip Lustre (embalagem prateada) que são matte porém com aquele efeito de reflexo e partículas de brilho - lembram aquele batom Sad Girl da Anastasia Beverly Hills que postei aqui. 
Os batons duram muito, e para remover são bem difíceis. Não saem com lenço demaquilante e a única forma que encontrei para removê-los foi com demaquilante bifásico. O óleo vai derretendo o batom.
A marca disponibiliza um elixir específico para remover os batons, mas eu não comprei, então não posso afirmar se funciona.

Sobre as cores escolhidas, eu acabei sendo levada pelos nomes.
Não sei se vocês perceberam, mas muitos nomes desses batons remetem a história do Harry Potter. 
Acabei optando por nudes mais aparecidos, sendo um mais amarronzado (Nymph-adora) e outro mais rosado/malva (Lovegood), porém ambos tem um fundo bem frio e acizentado.


As cores escuras são bem audaciosas. Um marrom bem gótico (Ravenclaw) e um roxo muito intenso. As fotos estão com flash e sem filtro para que vocês pudessem ver melhor a real cor, e digo a vocês que dependendo da luz do ambiente e/câmera, se for fraca, eles vão parecer quase pretos.


Como são cores que eu particularmente tenho amado, acabei descobrindo que eles podem ser dupes de batons líquidos muito famosinhos atualmente:



Swatches de mais algumas cores da LAsplash aka batons do Harry Potter - só pra vocês terem uma noção, mas considerem que nessa foto estão bem mais suaves e claras (pode ser luz e efeito do instagram).




Para mais informações, lip swatches, experiência com água e mais, eu postei vídeo resenha no Youtube recentemente, é só clicar aqui
Custam U$11.98 e a partir de 01 de junho vão custar U$ 13.98. São vendidos no próprio site da marca e não entregues no Brasil. Como é um produto novo e praticamente desconhecido aqui no Brasil, acabei encomendando com uma lojinha amiga.
Estou amando e já sei a quem recorrer quando precisar de uma duração power!
O que vocês acharam da novidade?

sexta-feira, 22 de maio de 2015

My Make and Review: Red Velvet Lime Crime Velvetine

O post de hoje é um mix do post My Make feat. resenha express do batom Red Velvet da Lime Crime.


Como verdadeira apaixonada por batons vermelhos não podia estar de outra cor pra comemorar o meu b-day e o escolhido foi o baphônico da Lime Crime.
Um vermelho mais fechado e com fundo mais frio do que os clássicos vermelhos que costumamos encontrar.
A duração desses Velvetines é EXCEPCIONAL!
Ainda não conheço nada que se compare. Eles ficam intactos durante longas horas e não saem dos meus lábios nem após refeições.


Na foto acima a cor do batom está bem fiel a cor dele ao vivo.
Já a maquiagem eu fiz super na pressa, então não teve nada de muito diferente mas quis compartilhar aqui mesmo assim. 
Fiz a pele com a Perfection Lumiére da Chanel, corretivo Radiant Creamy da NARS que é o meu novo queridinho e assentei tudo com o pó prep+prime da MAC. Contorno com o Hoola da Benefit e o blush usado foi o Mood Exposure da Hourglass. Iluminador foi uma misturinha do Soft and Gentle + Miss Liberty da NARS. Nos olhos usei a color tattoo Audacious Asphalt de base, e as sombras da Naked 2 da Urban Decay: sombra Tease no côncavo, Blackout no cantinho externo, Pistol no centro da pálpebra, Busted esfumando a transição das duas e Foxy iluminando abaixo das sobrancelhas. No cantinho interno a YDK para iluminar suavemente. Delineador bem rentinho aos cílios e de máscara usei a Baby Doll da YSL..


É o tipo de maquiagem simples mas ao mesmo tempo dá pra ficar mais marcante. Por ser neutra, não acho que briga tanto com os lábios que também estão evidenciados.


Vocês sabem que eu não costumo mais postar look do dia aqui no blog, mas esse eu amei tanto que não resisti. O vestido foi bem Kardashianátiko feelings e é da Carmim. Veste super bem e tem detalhes de metal no punho. Apaixonada! <3

quarta-feira, 20 de maio de 2015

MakeUp Tips: O batom do momento parte III - Kylie Jenner no Snapchat

Sem querer ser monotemática mas já sendo, estou voltando com a saga parte III do batom da Kylie Jenner. Vocês acompanharam as primeiras aqui e aqui;
Afinal de contas é só essa bonita aparecer em alguma rede social com um batom babadeiro que todas ficam obcecadas né? 


E hoje foi mais um dia difícil para as inimigas da Kylie, e claro, para todas nós wannabes que tentamos copiar sempre os batons dela. 
Sinceramente acho ofensivo o fato dela não lançar uma coleção de batons pra linha de maquiagens já existente das irmãs, ou mesmo, a própria linha de maquiagens, ou o que seria melhor, fazer parceria com a MAC e lançar uma coleção inteira só dela, já que ela deu um verdadeiro UP nas vendas dos lápis labiais e batons da marca desde o início do seu botox. rs
Enfim, o fato é que é sempre um suspense, um mistério envolvido com os batons que ela usa. Ela nunca confirma as cores e a gente fica sempre sem ter certeza absoluta, apenas confabulando e caçando rumores. Os mais recorrentes são que ela usa muito os lápis da marca e que vive fazendo misturinhas pra obter uma cor única.

O batom de hoje apareceu no snapchat e muito foi confabulado em um grupo de maquiagens que participo #melhorgrupo. 
Mas não é que dessa vez contrariando todo mundo ela fez um vídeo no instagram contando o batom usado?
Foi o lápis Stripdown da MAC que é super clarinho e bem diferente do que parece na foto.
Enganou a todos e a mim, mas como foto pode ter influência de luz, filtro e outros fatores, a gente perdoa né?


Tendo em mente que queremos copiar a cor que está na foto e não a cor real do produto que é mais clara, eu indicaria outros marronzinhos do mercado.
O batom da MAC na cor Photo tem um tom bem próximo mas o acabamento é satin. O lápis Cork da MAC que tinha sido minha aposta inicial, antes dela divulgar a cor, também dá um efeito bem parecido. 
Chegaram a divulgar no tumblr um rumor que seria o lápis Chestnut, porém é um marrom bem mais escuro mas também faz o charme do batom marrom.
Eu ainda aproveito para sugerir o Marronli, que é um dos novos líquidos de efeito matte da Quem Disse Berenice, e que tem uma corzinha bem marrom terrosa com a da Kylie e ainda conto a novidade de que a Lime Crime divulgou hoje duas cores de Velvetines que serão lançadas em breve, uma delas é a Shroom, coincidentemente parecida com a cor dos lábios da Kylie na foto. 


Alguém tem mais alguma dúvida de que os batons marrons no estilo 90´s que já estavam voltando com tudo vai ser a próxima FEBRE DO MOMENTO?

terça-feira, 19 de maio de 2015

MakeUp Review: MAC Lip Pencil Soar

Totalmente influenciada pelo boom do batom da Kylie Jenner, alguns afirmam que o lápis que ela usa demais nas fotos é o Soar da MAC.


Nunca na vida pensei que pagaria mais de R$50 reais em um lápis labial, mas o que a gente não faz pra estar na modinha né mores? (kkk)
Fora que foi uma saga, porque apesar de ser da linha permanente, ele está esgotado uma vida inteira na MAC daqui do Brasil e de fora também. Quando teve reposição na gringa, corri pra psicopatar uma lojinha amiga para garantir o meu e ainda paguei mais caro do que os R$66 da loja física.
O fato é que não me arrependi nem um pouco, a cor é linda (um nude aparecido com fundo rosado queimadinho), o lápis super delícia de aplicar e fica sequinho padrão batom líquido de efeito matte, e GENTEEE, dura muito! OU SEJA NÉ? Já quero colecionar lápis labiais da MAC, porque sou dessas.


A cor da foto está super fiel. Tentei fotografar em duas luzes diferentes, natural e luz branca artificial.
Super coringa essa cor, pra deixar ad eternum na necessaire e não viver mais sem.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

MakeUp Review: Victoriana MAC Toledo Lipstick

Taí um batom que me conquistou em todos os aspectos - nome, cor e embalagem.
Pacote completo!
Ganhei da minha cunhada e só faltei pular no pescoço dela porque ainda ganhei o esmalte Venus Red que faz super duplinha com o batom. <3


A cor é daquelas bem imprevisíveis - vai ficar diferente dependendo do tom da sua pele, da luz do dia, do filtro que você usar na foto.
Mas em mim fica mais vermelho do que rosa ao vivo, mas em fotos fica mais rosa do que vermelho.


Não sei o que dizer, só sentir <3 hahahaa
O acabamento é matte e daqueles bem sequinhos (não sei se só eu reparei, mas a MAC tem lançado ultimamente uns matte meio duvidosos hehehe)
Comparando com possíveis dupes, ele é levemente mais escuro que o Damn Glamorous que foi da coleção The Matte Lip do ano passado, mais avermelhado que o All Fired Up que consequentemente é mais escuro e um pink com fundo menos coral do que o Relentlessly Red.


By the way, essa coleção da MAC está disponível on line e nas lojas físicas aqui do Brasil.